Tradutor

terça-feira, 2 de maio de 2017

Boticas

Boticas pertencente ao Distrito de Vila Real, à Região Norte, à sub-região do Alto Trás-os-Montes e conta com 1 280 habitantes (2011).
É sede de um município com 321,96 km² de área e 5 750 habitantes (2011), subdividido em 10 freguesias. O município é limitado a oeste e noroeste pelo município de Montalegre, a leste por Chaves, a sueste por Vila Pouca de Aguiar, a sul por Ribeira de Pena e a sudoeste por Cabeceiras de Basto. O concelho foi criado em 1836 por desmembramento de Montalegre.
Um dos pontos de maior interesse a nível do turismo é o Centro de Artes Nadir Afonso que reúne uma importante coleção de obras do artista.






















quinta-feira, 27 de abril de 2017

Vidago

Vidago (oficialmente, Vidago (União das Freguesias de Vidago, Arcossó, Selhariz e Vilarinho das Paranheiras) é uma freguesia portuguesa do concelho de Chaves, com 24,57 km² de área e 1 991 habitantes (2011). A sua densidade populacional é 81 hab/km². É conhecida pelas suas águas gasocarbónicas.
Vidago está situada a quinze quilómetros de Chaves, sede do concelho a que pertence. Fica na zona sul da circunscrição, sendo atravessada pela estrada nacional nº2. A vila está localizada no fundo de um vale apertado onde confluem o rio Avelames e a Ribeira de Oura, em cujas margens se plantam videiras. Em volta estão as serras do Alvão e da Padrela.
A norte está o pico de Santa Bárbara, local de grande passado nacionalista. O vale, em tempos muito arborizado está agora mais despido de vegetação, por ter sido, na década de 80, vítima de incêndios devastadores.
Vidago é ainda conhecido pelas suas águas termais e pelo ex-libris da vila: Vidago-Palace Hotel. As águas de Vidago, muito especialmente as da nascente n.º 1, de uma alcalinidade superior a qualquer água portuguesa, excedem também em alcalinidade a de Vichy. Na Europa só há outra estância, onde se dão injecções de água viva, Uriage (França). Tais injecções são intramusculares, para a cura de eczemas, coriza hidroreica, urticária, bronquites, asma, etc.
Martiniano Ferreira Botelho (1853-1939) foi um médico, farmacêutico e político português que escreveu a sua tese de doutoramento sobre as águas de Vidago: "Breve estudo sobre as águas alcalino-gazósas das Pedras Salgadas", que se encontra disponível na Biblioteca Nacional Digital.







quarta-feira, 26 de abril de 2017

Rio Tamega - Praia de Vidago

rio Tâmega (Támega em galego) é um rio internacional, que nasce na Serra de São Mamede, província de Ourense, (Galiza, Espanha) e desagua em Entre-os-Rios no rio Douro.
Entra em Portugal pela extensa veiga de Chaves,vale estrutural (linha de fractura, Verin-Régua), inactivo do ponto de vista sísmico. Este é de abatimento e dissimétrico, conservando ainda o testemunho sedimentar de importante fase lacustre. O rio Tâmega,seguindo sempre uma direcção Norte-Sul, serve de fronteira internacional numa extensão de cerca de 2 quilómetros.
Na primeira parte do seu curso em Portugal,ficam-lhe a Este as alturas do Brunheiro (919 metros), e a Oeste os vários degraus que formam a serra do Larouco. Em Portugal, o Tâmega, banha a cidade de Chaves, as terras de Ribeira de Pena, e Basto, passa por Amarante e Marco de Canaveses, desaguando finalmente no Douro em Entre-os-Rios. Estabelece a fronteira entre os concelhos de Boticas e Vila Pouca de Aguiar.








Porto

Porto OTE é a segunda cidade e o quarto município mais populoso de Portugal, situada no noroeste do país e capital da Área Metropolitana do Porto (NUTS III e área metropolitana), da região Norte (NUTS II) e do Distrito do Porto. A cidade é considerada uma cidade global gama. O município, com 41,42 km² de área, tem uma população de 237 591 habitantes (2011) dentro dos seus limites administrativos, sendo subdividido em sete freguesias.
É a cidade que deu o nome a Portugal – desde muito cedo (c. 200 a.C.), quando se designava de Portus Cale, vindo mais tarde a tornar-se a capital do Condado Portucalense, de onde se formou Portugal. É ainda uma cidade conhecida mundialmente pelo seu vinho, pelas suas pontes e arquitetura contemporânea e antiga, o seu centro histórico, classificado como Património Mundial pela UNESCO, pela qualidade dos seus restaurantes e pela sua gastronomia, pela sua principal equipa de futebol, o Futebol Clube do Porto, pela sua principal universidade pública: a Universidade do Porto, colocada entre as 200 melhores universidades do Mundo e entre as 100 melhores universidades da Europa, bem como pela qualidade dos seus centros hospitalares.
É a sede da Área Metropolitana do Porto, que agrupa 17 municípios com 1 757 413 habitantes em 1.900 Km2 de área, com uma densidade populacional próxima de 1098 hab/km², o que torna a cidade a 13ª área urbana mais populosa da União Europeia e a segunda área (NUTS III) mais populosa de Portugal. O Porto e a Área Metropolitana do Porto constituem o núcleo estrutural da Região Norte, que tem uma população de 3 689 609 habitantes (Censos de 2011), sendo, portanto, a região (NUTS II) mais populosa de Portugal. Compreende 8 sub-regiões ou unidades de nível III (NUTS III).
O Porto, juntamente com os concelhos vizinhos de Vila Nova de Gaia e de Matosinhos, forma a Frente Atlântica do Porto, que constitui o núcleo populacional mais urbanizado da Área Metropolitana, situado no litoral, delimitado, a oeste, pelo Oceano Atlântico, com a influência estrutural do estuário do Rio Douro, que une Gaia ao Porto. A cidade é a mais importante da altamente industrializada zona litoral da Região Norte, onde se localizam grande parte dos mais importantes grupos económicos do país, tais como a Altri, o Grupo Amorim/Corticeira Amorim, o Banco BPI, a BIAL, a EFACEC, a Frulact, a Lactogal, o Millennium BCP, a Porto Editora, a Sonae, a Unicer ou o Grupo RAR. A Associação Empresarial de Portugal está sediada no Porto. A Região Norte é a única região portuguesa que exporta mais do que importa.




terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Vilarinho de Samardã foi uma freguesia portuguesa do concelho de Vila Real, situada na margem direita do Rio Corgo e na vertente nascente da Serra do Alvão. Tinha 21,71 km² de área e 740 habitantes (2011). Foi extinta (agregada) pela reorganização administrativa de 2012/2013, sendo o seu território integrado na União das Freguesias de Adoufe e Vilarinho de Samardã.
Incluía no seu território os seguintes lugares: Benagouro, Covelo (aldeia partilhada com a freguesia de Telões, do vizinho concelho de Vila Pouca de Aguiar), Samardã e Vilarinho de Samardã (sede).
Aqui, de 1839 a 1841, residiu Camilo Castelo Branco com sua irmã Carolina Rita Botelho Castelo Branco.
Foi o berço de vários ilustres Transmontanos como o Professor Mário Augusto do Quinteiro Vilela, aqui nascido a 2 de Janeiro de 1934 e seu irmão Nelson Vilela, nascido em 1933.
As Inquirições de 1220 de Santa Maria de Adoufe citam a existência deste Vilarinho. Mais tarde teriam existido no território desta freguesia dois pequenos concelhos (termos) durante os séculos XIII e XIV: Antela (foral de 1255) e Codeçais (foral de Setembro de 1257).
Como paróquia, Vilarinho de Samardã é posterior ao século XIV. Em 1530 os três principais lugares desta antiga freguesia (Benagouro, Samardã e Vilarinho «d’Arufe») ainda são incluídos na freguesia de Adoufe, mas em 1721 (Relação de Vila Real e seu Termo) já Vilarinho de Samardã surge como freguesia autónoma.
Na sequência da reorganização administrativa ditada pela Lei n.º 22/2012,[21] o seu território foi anexado ao da vizinha freguesia de Adoufe, na prática reconstruindo aproximadamente o território daquela antiga freguesia, conforme ele seria pelo séc. XVI. No entanto, passando o conjunto a designar-se oficialmente União das Freguesias de Adoufe e Vilarinho de Samardã, "Adoufe" e "Vilarinho da Samardã" foram de facto extintas enquanto designações oficiais de freguesia.

















































Adega Regional dos Passos Perdidoss Perdidos
Restaurante portuguêsgional Dos assos Perdidos
Restaurante português
Situado entre a Serra da Falperra e a Serra do Alvão, este espaço proporciona, a quem o visita, vários tipos de pratos da cozinha tradicional transmontana, acompanhados de bons vinhos.







Contactos
  •  Casa da Coutada, Vilarinho de Samardã , Vilarinho de Samardã, Vila Real, Vila Real
  •  259347322
  •  http://www.passosperdidos.com.pt/
  •  passos-perdidos@sapo.pt
  • Características
  •  Tradicional portuguesa
  •  150
  •  Domingo (jantar); Segunda-feira
  •  Aconselhável
  •  Multibanco Visa
  •  Estacionamento privativo
  •  Zonas para fumadores
  •  Recomendado a crianças
  •  Sim
  •  15.00